Teatro Cesgranrio
SOBRE O CURSO

O Curso de Graduação em Teatro da Faculdade Cesgranrio, na modalidade Bacharelado, tem como objetivo formar profissionais qualificados capazes de exercer suas funções com ética e responsabilidade social.

Através de uma sólida formação teórica, artística, técnica e cultural, este profissional estará capacitado para atuar no mercado profissional e, ainda, repensar e reconfigurar modos de conceber, produzir e realizar Teatro no Brasil, habilitado para proposições de novos modos de produção, de investigações de novas técnicas, de novas metodologias de trabalho, de linguagens e de propostas estéticas.

COORDENAÇÃO

EDUARDO VACCARI

O Curso de Teatro na modalidade Bacharelado é coordenado pelo Professor EDUARDO VACCARI, também ator e diretor teatral. Doutor em Artes Cênicas pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas (UNIRIO) com PDSE na Université Sorbonne-Nouvelle/ Paris III. Mestre em Artes Cênicas pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas (UNIRIO).
Bacharel em Artes Cênicas com habilitação em Direção Teatral pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).
Dirigiu recentemente os seguintes espetáculos: “Em uma manhã de Sol”, de Flávia Lopes, “Arsênico e Alfazema”, de Joseph Kesselring; “O Bigode”, uma adaptação da obra de Emmanuel Carrère; “A Prosa delas não é de panelas” uma criação coletiva com o grupo Do buraco sai o quê? “O Capote”, uma adaptação da obra de Nicolai Gógol. Foi responsável pela criação e direção de intervenções urbanas que aconteceram durante o período das Olimpíadas no Rio de Janeiro no “Projeto Rio 2016: Olimpíadas dos direitos de crianças e adolescentes”. Este projeto foi financiado pela União Europeia e contou com a parceria da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Viva Rio, ISCOS Piemonte, ECPAT França, UNICEF, Childhood, Prefeitura do Rio de Janeiro e Prefeitura de Porto Alegre. É criador e professor do “Maschere – Ateliê de Pesquisa em Máscaras Teatrais”. Pesquisa a comicidade e as máscaras teatrais desde 1996. Foi integrante da Companhia dos Bondrés, com a qual desenvolveu pesquisa sobre máscaras e manipulação de objetos por cinco anos, atuando nos espetáculos “Instantâneos” e”Oikos”.

ESTRUTURA CURRICULAR

1º PERÍODO

Fundamentos da Atuação Cênica – Projeto Integrador I
Corpo, campo e percepção
Fundamentos da Técnica Vocal
História do teatro: do Clássico ao Romântico
Arte: História e Pensamento I
Musicalidade nas Artes Cênicas e Audiovisuais
Análise do Texto Teatral

2º PERÍODO

Atuação em Drama Realista – Projeto Integrador II
Poéticas da Atuação e do Espetáculo I
Formação do Teatro Brasileiro
História do Teatro Moderno
Arte: História e Pensamento I

3º PERÍODO

Atuação em Drama Não-Realista – Projeto Integrador III
Poéticas da Atuação e do Espetáculo II
Teatro Brasileiro Moderno e Contemporâneo
História do Teatro Contemporâneo
Dramaturgia: da Clássica à Romântica

4º PERÍODO

Atuação em Narrativa – Projeto Integrador IV
Atuação Cômica – Projeto Integrador IV
Laboratório de Atuação no Cinema e na TV – Projeto Integrador IV
Produção Teatral e Gestão Cultural
Dramaturgia Moderna e Contemporânea
Canto em Cena I
Fundamentos da Cenografia e do Figurino Teatral

5º PERÍODO

Atuação com a Máscara Teatral – Projeto Integrador V
Atuação Performativa – Projeto Integrador V
Metodologia de Pesquisa em Teatro
Expressões Populares Brasileiras
Dramaturgia Brasileira
Canto em Cena II
Caracterização Cênica

6º PERÍODO

Ateliê de Criação – Projeto Integrador VI
Trabalho de Conclusão de Curso
Optativas
Atividades Complementares

CORPO DOCENTE

Agnes Moço

Especialista em Pedagogia da Cooperação e Metodologias Colaborativas pela Faculdade de São Vicente (FSV) e graduada em canto pela UFRJ. Aperfeiçoou-se em voz falada e cantada e em metodologias pedagógicas colaborativas. Criadora e coordenadora da Escola de Musicalização Agnes Moço, direcionada à educação musical e vocal de crianças e adultos. Ministra cursos para professores através de workshops e palestras em diferentes estados do Brasil. Em 30 anos de carreira artística participou como cantora lírica em óperas, músicas de câmara, e como concertista, recebendo prêmios nesta área. Além de atuar como atriz e cantora de teatro, tem vasta experiência como preparadora vocal no palco e na televisão, destacando-se a parceria com Luís Fernando Carvalho em diversas criações. Dedicada à construção de plateias infantis, já criou, preparou ou dirigiu inúmeros musicais infantis, que lhe conferiram prêmios como melhor espetáculo, melhor conjunto da obra, melhor preparadora vocal e direção musical.  

Claudia Mele

Atriz, diretora, autora, roteirista, professora e preparadora corporal. Mestre em Artes Cênicas pela UNIRIO. Graduada em Licenciatura em Dança e pós-graduada em Formação em Preparação Corporal nas Artes Cênicas pela Faculdade Escola Angel Vianna (FAV), é também formada, como atriz, pela CAL, em Dança Contemporânea e Recuperação Motora e Terapia Através da Dança pela Escola Angel Vianna. Participou de mais de quarenta espetáculos teatrais, tendo recebido o prêmio de melhor atriz por Papagueno e indicação de melhor atriz por Pianíssimo ambos de Tim Rescala, dir. de Lucia Coelho. Escreveu, dirigiu, coreografou, produziu e atuou nos espetáculos Breves histórias por trás do véu e AGORA!. Roteirizou as séries de TV BlindTrip, Quase Anônimos e Minha Praia, todas pelo canal Multishow. Atuou no espetáculo Antes que Você Me Toque, em que assinou a dramaturgia com o diretor Ivan Sugahara. Fez uma turnê por 24 cidades do Brasil com o espetáculo Beija-me como nos livros com a Cia. Dos Dezequilibrados. Dramaturga, ao lado do diretor Ivan Sugahara, do espetáculo Fora da Caixa.

Jaqueline Priston

Fonoaudióloga. Especialização em Voz e Distúrbios da Comunicação Humana pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Graduada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). Responsável pela criação de estágio em fonoaudiologia na área de voz, no serviço de otorrinolaringologia do Hospital das Clínicas, na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) como supervisora chefe estimulando produções científicas dos alunos. Professora de Técnica Vocal na Escola de Teatro O TABLADO durante dez anos na turma do Bernardo Jablonski. Experiência clínica na área de voz e voz profissional há 28 anos fazendo preparação vocal  e prosódia para teatro, cinema e televisão. Coach vocal de atores e cantores em turnês. Fez preparação vocal recentemente dos seguintes espetáculos: “Romeu e Julieta Musical” preparação vocal da atriz Bárbara Sut (Julieta) com direção de Guilherme Leme Garcia; “Tripas” preparação vocal do ator Ricardo Kosovski com direção de Pedro Kosovski; “Tom na Fazenda” preparação vocal do ator Armando Babayoff com direção de Rodrigo Portella; “Vilões de Shakespeare” preparação vocal do ator Marcelo Serrado com direção de Sérgio Modena; “Entre Irmãs”, preparação de prosódia de todo elenco, filme com direção de Breno Silveira; “Velho Chico”, preparação de prosódia de todo elenco, novela da Rede Globo de Televisão com direção de Luís Fernando Carvalho.

Joana Lebreiro

Diretora teatral e preparadora de atores. Mestre em Memória Social pelo Programa de Pós-Graduação em Memória Social (UNIRO). Bacharel em Artes Cênicas – Direção Teatral pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Dirigiu recentemente o espetáculo Entregue seu coração no recuo da bateria, de Marcus Galiña e Pedro Monteiro, e os infanto-juvenis Isaac no Mundo das Partículas, Bisa Bia Bisa Bel. Como preparadora, além de acompanhamento e estudo individual com atores, trabalhou com elenco nos programas ABZ do Ziraldo, na minissérie Natália e nos curta metragens O Livro; Abismo; A Demolição e Um Pouco a Mais, todos de AlequesEiterer; os infanto-juvenis Balão Azul e Lápis de Cor, ambos de Alice Gomes. Desenvolveu, ainda, cursos e grupos de estudo como A Palavra e a Memória Criativa, Direção de ator para Atores e Memória e Música: estímulos à Criação do Ator.

João Cícero

Pós-Doutor em Artes Cênicas pelo programa de Pós-Graduação da UNIRIO; Doutor em História Social da Cultura pela PUC-RIO,Bacharel em Artes Cênicas pela UNIRIO; atua como docente em Ensino Superior hádez anos, na Faculdade SENAI-CETIQT e desde 2016 na Faculdade CAL, ministrando disciplinas de História da Arte, do Teatro, Estética e Interpretação de Texto Teatral, entre outras.   É colaborador da revista Questão de Crítica. Em 2015, fez a peça SEXO NEUTRO, sendo indicado como melhor autor para os prêmios Questão de Crítica e CESGRANRIO. Estreou em 2017 a peça BATISTÉRIO.

João Dalla Rosa Júnior

Doutor e mestre em Design pela PUC-Rio, possui graduação em Licenciatura em Artes Plásticas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2005). Atua como figurinista e designer  e, desde 2011, trabalha como docente em cursos de graduação de Moda, Figurino e Artes. 

Juliana Pamplona

Artista-pesquisadora nos campos de teatro, performance e filme. Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas na UNIRIO, foi pesquisadora visitante no departamento de Performance Studies na NYU (New York University, 2012) através da CAPES/PDSE. É diretora do laboratório de pesquisa e criação artística “Desestabilizadores de Cena” há 10 anos. Ministrou as oficinas “Sesc Dramaturgia: Leituras em Cena” no Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Espírito Santo e Santa Catarina (entre 2009 e 2013). Dramaturga e diretora da peça “Domínio do escuro”, realizada com o aporte do edital LGBT da Secretaria Municipal de Cultura – RJ (2015) e do Edital Viva a Arte – RJ (2016). Foi curadora da “Mostra Barbara Hammer: Um cinema experimental lésbico” (Caixa Cultural RJ, 2017), e atualmente é pesquisadora Pós-doc UFRJ/FAPERJ Nota 10 na Faculdade de Letras – UFRJ. 

Leandro Bellini

É especialista em Gestão e Produção Cultural com ênfase em economia criativa e em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas/RJ. Bacharel em Turismo pela Faculdade de Turismo de Santos Dumont/MG. Atualmente é Secretário Executivo de Cultura da Fundação Cesgranrio. Responsável pela implantação do Centro Cultural Cesgranrio, responde desde então pela direção de produção dos mais de 40 projetos anuais da instituição. É, também, responsável pela curadoria, roteiro e pela direção de produção do Prêmio Cesgranrio de Teatro e pela idealização, dramaturgia e direção do projeto Teatro Itinerante nas Escolas Públicas. É integrante do Conselho de Cultura da Fundação Cesgranrio.

Maria Assunção

Maria Assunção é Doutora e Mestre em Artes Cênicas  pelo programa de Pós-Graduação da UNIRIO;  Bacharel em Comunicação Social pela UFF; Atriz formada pela Escola de Teatro Martins Pena.  Atuou como docente , por dez anos , na extinta faculdade de Teatro UniverCidade.  Foi assessora de Teatro no  SESC – Departamento Nacional. Com experiência  em atuação em teatro, cinema e TV,  é Instrutora de Dramaturgia na Rede Globo tendo exercido a função  em “Velho Chico”, “Os dias eram assim”,  entre outras; atualmente está na novela “ O tempo não para”.  É autora do livro “Sabato Magali e as heresias do teatro, pela Editora Perspectiva.

Tatiana Henrique

Atriz. Mestra em  Memória Social,  na  UNIRIO. Atriz pela  Escola Técnica  de  Teatro  Martins  Penna. Licenciada  em  Letras,  pela  UNESA e  atendeu ao  Curso  de  Extensão  em  História  e  Cultura  Negra,  pela  UERJ.  Como atriz, participou recentemente dos espetáculos  Salina – a última vertebral (Amok Teatro), Gineceu ou cenas de uma mulher qualquer (Okearô Teatro), Balé Ralé (Teatro de Extremos) e Mercedes (Grupo Emú). Pesquisa  dramaturgia  narrativa  para  performance e  teatro ritual – sendo as mais recentes, Sobre  todos  os  dias,  a partir de excertos  de  Carolina  Maria de  Jesus , e A cura, de sua autoria. Como contadora de histórias monta seu repertório  a partir de  contos  e  mitologias  ameríndias, africanas,  afro-brasileiras  e  indianas.   É  co-curadora  de  Mostra  Zaíra  De  Culturas  Pretas,  com  apoio  do  Memorial  Municipal Getúlio Vargas  –  SMC  Rio. Em  arte  educação,  foi  coordenadora  pedagógica  e  educadora  em  diversos  espaços culturais. Realizou, ainda,  projetos  em  Teatro-Educação,  como  o  Griôs  no  TeatroCrianças  em  CenaKilandukilu. É  editora  técnica  do  livro  Performance  e  Antropologia  de  Richard  Schechner  (Editora Mauad),  organizado  por  Zeca  Ligiéro. 

Theotonio de Paiva

Dramaturgo e diretor de teatro. Pós-Doutor em Letras/Ciência da Literatura pela UFRJ. Doutor em Teoria Literária pela UFRJ. Mestre em Teoria Literária pela mesma universidade. Recebeu Menção Honrosa, na Categoria Ensaio, nos Prêmios Literários da Cidade do Recife 2002 por sua dissertação sobre o teatro de Ariano Suassuna. Pós-Graduado em Teatro pela UFRJ. Professor universitário há mais de vinte e cinco anos, ministrou disciplinas relacionadas aos campos da literatura, cultura, teatro e comunicação Entre os seus trabalhos, destacam-se: “Tamem – A Inconfidência”, em parceria com Paulo Afonso Grisolli e Luiz Carlos Maciel (texto e co-diretor), “Nicolau Grande & Nicolau Pequeno”, de Andersen, “O Romance do Pavão Misterioso”, do poeta popular José Camelo de Melo Resende (direção e dramaturgia), adaptação para teatro de “Crônicas de nuestra América”, de Augusto Boal, direção de Gustavo Guenzburger, e “Jacques e a Revolução”, de Ronaldo Lima Lins (encenação). Com Carmem Negreiros, organizou o livro “Ronaldo Lima Lins: criação e pensamento”, Editora UFRJ.